[Tutorial] VirtualDub

Publicado: janeiro 8, 2009 em tutoriais

Aprenda a utilizar esta fantástica ferramenta para conversão, junção, inclusão de legendas e muito mais!

adicionado link do programa: VirtualDub

1. InstalaçãoDepois de fazer o dowenload do VirtualDub a instalação é fácil. Todos os arquivos do programa vêm num pacote ZIP. Basta criar um diretório e extrair todos os arquivos para ele.

 

2. Converta de MPEG1 para AVI

No VirtualDub, é fácil converter um arquivo MPEG1 compactado (com quadros de 320X240 pixels) para AVI de 24 bits descompactado. Basta abrir o arquivo de vídeo (para isso vá em File -> Open Video File, ou tecle Ctrl+O) e de pois acionar File -> Save as AVI (ou tecle F7).
O problema com esse tipo de conversão é o resultado do arquivo, por exemplo: Um filminho de 1 min. e 24s em MPEG1 (8,54 MB) transforma-se em um monstro de 616MB em AVI.

3. Tesoura para cortar o vídeo

Imagine que você tem um clipe e deseja eliminar dele um pedaço que está no meio do arquivo.
Com o mouse, deslize o ponteiro na barra de localização (Trackbar),
a fim de encontrar o ponto inicial da região do corte.
No ponto de início clique no botão Mark In (ou tecle Home),
desloque o ponteiro para a posição final do corte e clique no botão Mark Out.
Para eliminar a área destacada vá em [I]Edit
-> Delete Selection e o trecho desaparece. Salve o vídeo e pronto.

4. Junte num só vários arquivos AVI

Um recurso de edição é anexação de arquivos (exclusividade de formatos AVI). Para realizar tal operação, proceda da seguinte maneira: Tenha, no mínimo, dois arquivos AVI com as mesmas características físicas (tamanho dos quadros, frame rate e etc.). Abra o primeiro arquivo AVI (File -> Open Video File), posicione o ponteiro da barra de localização onde o novo arquivo deve ser inserido e acione File -> Append AVI Segment e indique o segundo arquivo.

5. Ajuste a taxa de exibição

Para mudar a taxa de exibição de imagens em quadros por segundo, acione Video -> Frame Rate, clique na opção Change To e digite o número de quadros na ca unidade de tempo. Não há necessidade de se fazer aproximações, por exemplo: se a taxa desejada é 29,97 digite esse número e não arrendonde-o para 29 ou 30.

6. Captura de vídeo sem compactação

Para capturar vídeo, basta fazer a conexão física entre a fonte de vídeo (vídeo-cassete) e o dispositivo de captura, então, basta acionar File -> Captura AVI. O formato padrão de captura é AVI decompactado.
Acione Video -> Compression e escolha, por exemplo o codec Intel Indeo Video para obter um bom grau de compactação. Na maioria dos casos, aconselha-se o uso dos softwares para captura de vídeo fornecido juntamente com a placa.

7. Isole no filme a trila de áudio

Se o filme tem, combinadas, uma trilha de vídeo e outra de áudio e você quiser salvar em separado apenas os itens de som, acione File -> Save WAV.
Dê um nome para o arquivo e você terá gravado as falas e músicas (se houver) do filme.

8. Ficha completa do arquivo

Para saber detalhes sobre o arquivo de vídeo ativo acione File -> File Information. Abre-se uma janela com todas as informações básicas do vídeo (tamanho dos quadros, taxa de exibição, número total de quadros, compressão e etc.) e também dados pertinentes à trilha de áudio (taxa de amostragem, número de canais, nível de compressão eetc.).

Imagens de vídeo pra BMP

É possível salvar um trecho do filme numa imagem BMP separadas, quadro a quadro. Para isso, vá em File -> Save Image Sequence. Na janela Image Output Filter, indique primeiro um prefixo para as imagens (qaudro, por exemplo). O VirtualDub vai salvar arquivos com nomes como “quadro1.bmp”, “quadro2.bmp” “quadro3.bmp” e etc.
Na caixa Directory Hold Images indique o diretório onde os arquivos devem ser salvos. Mas cuidado com a criação de muitos arquivos BMP para não correr o risco de entupir o HD.

10. Salve apenas um quadro

Na tela principal, o VirtualDub apresenta duas janelas para exibição de vídeo. Na primeira, a janela de entrada (source) aparece o arquivo original. Na seguna (output) aparece o resultado de alguma operção realizada. Você pode capturar apenas o quadro de atual na janela de entrada ou saída. Para isso, acione Video -> Copy Source Frame to Clipboard (ou tecle Ctrl + 1) ou
Video ->Copy Output Frame to Clipboard. Com a imagem na memória, cole-a em qualquer editor de imagem, salve-a e pronto.

11. Reduza o tamnho da imagem

Se você tem um arquivo de vídeo em 352X240 pixels e deseja reduzir essas dimensões pela metade, faça o seguinte: No menu, acione Video -> Filters. Abre-se a janela [/I]Filters. Nela clique em Add e aparecerá uma lista com os filtros disponíveis. Escolha a opção 2:1 Reduction ou 2:1 Reduction (High Quality). Com essas opções o arquivo será reduzido à quarta parte.
Se você usa o filtro
Resize digite os tamanhos desejados (2:1 resulta em 176X210 pixels). Depois dê OK.
Para visualizar acione [/B]
File -> Preview. Se tudo estiver certo, salve como AVI. -> WAV Audio. Na Caixa WAV Audio File que pretende usar para sonorizar o filme. Depois salve o AVI e pronto.

Adicione áudio ao seu vídeo

No VirtualDub você pode adicionar áudio numa sequência de vídeo desde que a fonte seja um arquivo WAV. Para isso, comande: [I]Audio

Use filtro para as legendas

O VirtualDub aceita a inclusão de filtro externos (arquivos que auxiliam em tarefas extras). Um dos mais interessantes é o que acrescenta ao filme legendas.
Para usar um filtro externo qualquer, você precisa fazer o download e instalá-lo em separado.
No link que eu disponibilizei, encontra-se o filtro de legendas (Subtitles), para usá-lo crie um diretório chamado “plug-ins” dentro do diretório onde foi instalado VirtualDub e nele extrair o arquivo VDF (com filtro). Dessa forma, o VistualDub carregará automaticamente o filtro em sua inicialização.
Para agregar legendas a um filme, comande Video -> Filters e depois acione o botão Add.
Na lista Add Filter, selecione o filtro “Subtitler” e dê OK. Surgirá a janela Subtitler: Configuration. Nela indique o arquivo com as legendas (um arquivo com a extensão SSA). O programa traz um vídeo de exemplo (Gray.avi) um outro de legendas (Demo.ssa) que pode ser usado para testes.

14. Tamanho da imagem na captura

Em alguns micros, o VirtualDub captura imagens em 768X576 pixels em outros, em 640X480 pixels. Como corrigir esse problema? Primeiro que não é um problema e sim uma diferença entre capturas no sistema PAL e NTSC.
O PAL opera com 625 linhas em 50Hz e o NTSC opera com 525 linhas e 59,94 Hz. Além disso o PAL captura 25 quadros por segundo e o NTSC captura 39,97 quadros por segundo.

15. Capture arquivos com mais de 4GB

O VirtualDub não permite a captura de arquivos maiores do que 4GB.
Há duas causas para esse problema. Uma é você usar Windows 95, 98, 98 SE ou Me. A outra é você usar sistema de arquivos FAT32. Uma ou outra determinam esse limite.
Para capturar um arquivo maior que 4GB é necessário usar Windows 2000 ou XP e sistema de arquivos NTFS. Mas tem como contornar essa situação.
Acione File -> Capture AVI, marque a opção Capture/Enable Multisegmented Capture e defina os valor dos intervalos (thresholds) para 50MB.

16. Linha cinzenta na imagem

Algumas imagens capturadas com VirtualDub apresentam uma linha cinzenta no inferior da tela. Nesse caso o defeito pode decorrer de um problema na cabeça de leitura do aparelho de vídeo-cassete usado como fonte. Você pode ignorá-la e depois recortar manualmente dos quadros em que ela aparece.
Agora se várias dessas linhas aparecerem, a causa é do entrelaçamento. Isso vai aparecer toda vez que você capturar imagens com altura superior a 240 linhas (no padrão NTSC) ou 288 linhas (no padrão PAL). O entrelaçamento, não constitui um defeito, sendo assim não é possível corrigí-lo.

17. Driver padrão Vídeo for Windows

Sua máquina tem um dispositivo para capturar vídeo e no entanto o VirtualDub apresenta uma mensagem dizendo que não o encontra? Para capturar vídeo, o VirtualDub exige um driver para Vídeo for Windows. Se o periférico de captura não traz esse driver, o VirtualDub nãopode serr utilizado.

comentários
  1. FogZ disse:

    Legal o tutorial =)

  2. Rafael Souren disse:

    Dúvida! Estou com dois videos… mas qndo add e então vou add o outro para juntar informa “the audio streams have incompatible datas formats” e logo abaixo informa outra frase

    “(Mismatch detected in opaque codec data at byte 2 of the format.data)”

    o 1ºvideo está com um canal de audio e mono
    2º video está com 2 canal e stero…

    como que faço para corregir e poder juntar os dois que são uma sequência..
    t+
    abraços

    • kdão disse:

      rafael,
      você tem belo abacaxi na mão,
      tente converter os video no mesmo padrão,
      utilize (eu sugiro) o ANYDVD e converta as parte no padrão AVI,
      é bem provável que após isto vc consiga juntar as partes, ok?

  3. Rosangela disse:

    amigo,

    os meus videos já estão em avi e eu quero tirar uma cena para fazer um clip e jogar na net, porem quando eu peço para o virtual abrir arquivo e seleciono o arquivo avi , dá erro…será que preciso de outro programa ou está faltando codec ?

    obrigada

  4. Hospedero disse:

    Tenho um video meu desenhando gravei com a camera digital 8 mg boa imagem otima
    mas o formato era mov, converti pra avi mas não sei como usar o virtual dub pra acelerar
    o video e salvar assim como aqueles videos do youtube speed paint, tá ligado?
    como faço isso?
    des de ja obrigado

  5. Marcio Wenzel Luiz disse:

    A captura do arquivo AVI foi feita por placa de TV, até aí sem problemas, mas ao editar no VirtualDub observamos na base de todos os frames uma oscilação na imagem. Algo cansativo ao assistir o material. Temos procurado eliminar aquele pequeno retângulo na base dos frames, mas ao invés de preeendher (fill) o retângulo com uma inócua tarja preta prefirimos reduzir os frames em alguns pixles na sua dimensão vertical. Um quadro um pouco mais “baixo” será muito menos incomodo que a cintilação que observamos hoje. Como podemos, portanto, redimensionar os frames sem alterar a proporção entre pixels? Há algum filtro para isto? Obrigado.

    • Marcio Wenzel Luiz disse:

      Após algumas horas de pesquisa descobrimos que o filtro que nos permite “retirar” a faixa indesajada com o ruído da digitalização, é denominado de “wrap resize”. Adiciona-se este filtro e ao escolhe-lo basta pressionar o botão “Cropping” e definir no eixo das coordenadas: “Y”, o número de pixels a serem retirados de cada frame. Nossa experiência retirou uma faixa horizontal com altura de 3 (tres) pixels. E isto foi o suficiente para retirar o incômodo ruído da imagem.
      Para quem precisar, tenha certeza que obtivemos êxito na nossa intenção. Espero que esta experiência seja repetida por mais usuários e uma vez confirmada, seja acrescentada ao corpo principal do tutorial que todos nós estamos contruindo.
      Obrigado e foi um prazer ajudar!

      Namastê!

  6. Karina disse:

    eu queria saber se tem como acrescentar efeitos.
    Comecei a usar o VirtualDub hoje de manhã, já entendi como funciona muitas coisas, mas ainda estou apanhando, por exemplo, para inserir “logo” e em tentativas de achar efeitos.
    Estou também com o mesmo problema que o Rafael teve:
    “The audio streams have incompatible datas formats
    (Mismatch detected in opaque codec data at byte 2 of the format.data)”

    mas não entendi direito como consertar isso

  7. nil disse:

    oi tenho um filme dual audio como faço pra deicha-lo em portegues,obrigado

    • kdão disse:

      nil,
      é só vc selecionar o portugues no audio ou idioma, isto no media player do PC, se for no dvd player padrão (de TV) é só escolher pelo controle, nada mais!

  8. Rafael Silva disse:

    Estou com um video em AVI porém em certos trechos ele fica muito rápido preciso deixá-lo na velocidade normal, e quando ele fica rápido quero deixá-lo também na velocidade normal, como faço?

  9. Adriane disse:

    adorei seu tutorial, muito bom mesmo

    • Antonio disse:

      Este tutorial já me ajudou muito, mas ainda preciso de ajuda. Instalei uma placa de captura de video TV Box USB 2.0. Estou conseguindo sintonizar emissoras com transmissão analógica, gravar, reproduzir, etc, sem nenenhum problema. A coisa começa a pegar quando tento reproduzir fitas VHS. Só consigo uma imagem boa se configura-la para NTSC, mas em preto e branco. Se mudo para PAL ou SECAM a imagem fica péssima. Já tentei configurar a saida do VCR para NTSC, PAL, NTPB, mas com o mesmo resultado. Pesquisando me disseram que o problema é com o software que acompanha a placa e que deveria usar o VirtualDub. Só que não sei como fazer isso.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s